Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.

Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.
clique e aceda

Lagartos de língua azul (Tiliqua scincoides)

Lagartos de língua azul (Tiliqua scincoides)


Existem várias espécies de lagartos de língua azul. A mais comum é o Tiliqua scincoides. Para este lagarto, os cuidados são muitos semelhantes aos do Dragão Barbudo:

  • ambos são animais diurnos, necessitam do espectro total de lâmpadas;
  • não há uma grande diferença em termos de comprimentos, o Lagarto de Língua Azul pode atingir os 60 cm, e por isso as medidas do terrário são as mesmas
  • ambos são dóceis e permitem o manuseamento com alguma regularidade
  • ambos são omnívoros, alimentando-se tanto de insectos, larvas, etc. como também de vegetais, embora as proporções de vegetais e proteína animal não sejam as mesmas.

Existem contudo várias diferenças. Apesar do temperamento dos répteis variar conforme os exemplares, o Lagarto de Língua Azul é mais calmo do que o Dragão Barbudo, embora não tão dócil. O Lagarto de Língua Azul costuma aceitar mais facilmente os vegetais enquanto jovem do que o Dragão Barbudo e por isso torna-se mais fácil de alimentar.

Mas a maior diferença entre estes dois animais é provavelmente o preço. O Lagarto de Língua Azul não é um animal difícil de encontrar no mercado dos répteis de estimação, mas é, em média, mais caro do que os anteriores. Não existem grandes variedades de cores nesta espécie, sendo que a variedade albina é a única que se distingue, mas é rara e dispendiosa.

Vantagens

O Lagarto de Língua Azul tem uma longa esperança média de vida: entre 18 e 20 anos, o que pode acabar por compensar o investimento inicial.

São também animais bastante resistentes, sobretudo enquanto crias, quando comparados com outros répteis. Uma das razões é o facto de não se desenvolverem em ovos, mas nascerem vivos já completamente formados.

Desvantagens

O Lagarto de Língua Azul tende a defecar mais do que o Dragão Barbudo, o que exige uma maior manutenção do terrário. Há quem defenda que por isso, estes animais se dão melhor em terrários de exterior, maiores e mais arejados, do que em terrários interiores.

1 comentários:

Eloiza Salviato disse...

não acho em nenhum lugar para comprar vc saberia aonde posso comprar

Grata Eloisa

LINDO

Comovente historia do cachorro que esperou 11 anos pelo seu dono no mesmo lugar