Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.

Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.
clique e aceda

Murganho



origem: Ásia

data de origem: 1100 b.C.

esperança de vida: 1 a 3 anos

nome científico: Mus Musculus

família: Muridae

tamanho: 15 para 19 cm



O Murganho é um animal bastante popular como animal de estimação. É por isso conhecido por vários nomes: ratinho, rato-caseiro, rato-doméstico, rato marinheiro, camundongo (Brasil).

Estes ratos espalharam-se por todo o mundo, sendo considerados uma espécie invasora noutros continentes, como por exemplo, na América. Um dos seus nomes, rato marinheiro, explica bem a forma como conseguiu ultrapassar oceanos para encontrar novas casas: viajando em barcos que faziam o comércio intercontinental. Estes animais eram mesmo considerados pragas nos navios.

No século XIX, a ciência conheceu uma evolução rápida e passou a generalizar-se a necessidade da utilização de cobaias. O Murganho é um animal bastante comum nos laboratórios, devido à facilidade de manutenção e proximidade com a genética humana.

O murganho é por vezes tido como animal de estimação e alimento para outros animais, tais como cobras.

O murganho apenas consegue viver junto a humanos, dependendo dos seus restos ou culturas para sobreviver. Assim, em estado natural, o murganho é encontrado em cidades, aldeias, junto a quintas, etc. Existem mesmo murganhos a habitar desertos, dependendo da actividade humana para subsistir. Se os humanos não habitassem estas zonas do planeta, os murganhos não conseguiriam sobreviver.

O Murganho é sobretudo activo durante a noite ou ao anoitecer. Os seus olhos grandes estão adaptados para alturas de pouca luz e por isso não gostam de luzes intensas. Contudo, alguns animais domésticos conseguem adaptar-se ao ritmo de vida do dono, passando mais tempo activos durante o dia.

Óptimos corredores, chegam a correr quase 13 km/h. Muito activos, os murganhos gostam de trepar grades, saltar, roer, cavar e conseguem ainda nadar.

O murganho tem a visão e a audição bastante desenvolvidos, mas o seu principal sentido é o olfacto. O tacto é materializado nos longos bigodes que lhes permite sentir a deslocação do ar e texturas.

O murganho é omnívoro. Em estado natural alimenta-se de uma grande variedade de plantas e sementes. Insectos, sobretudo larvas, fazem ocasionalmente parte da suas dietas.

Em cativeiro, devem ser alimentados com rações próprias para roedores. Como opção, existe quem misture ração para hamster com ração para gatos. Insectos tais como grilos e baratas podem ser dados ao animal ocasionalmente, mas devem ser comprados em lojas e não recolhidos da natureza, pois podem transmitir doenças ao animal doméstico.

Existe muita variedade no tipo de gaiolas disponíveis no mercado para o murganho. Se optar por uma gaiola de grades, certifique-se de que o animal não consegue escapar entre as barras. Em termos de limpeza, as gaiolas com fundo em plástico removível são o alojamento mais prático. Contudo, a melhor opção em termos gerais talvez seja o aquário/terrário em vidro que permite uma melhor visualização do animal e impede que este escape. É preciso contudo alguma atenção em relação à ventilação. Se o vidro for suficientemente alto não é necessário colocar uma tampa. As opções mais caras, mas talvez mais divertidas para os animais são as gaiolas feitas em acrílico que têm tubos e esconderijos já pensados para roedores. Mas devido ao elevado valor, há quem opte por uma gaiola de menos dimensão. Se não tiver possibilidades para comprar uma gaiola destas com um tamanho aceitável, opte por uma das outras soluções. Quanto maior for a gaiola, melhor o animal se sentirá.

A gaiola deve estar equipada com um bebedouro, de preferência de pendurar e com conta-gotas e com um abrigo. O murganho gosta de esconderijos e é um hábil construtor de ninhos.

Brinquedos
Existe uma grande oferta de brinquedos e esconderijos para roedores no mercado. As rodas são um dos brinquedos mais comuns. Estes animais adoram correr e uma roda é uma óptima aquisição para os manter ocupados e em forma. Uma vez que os murganhos têm de desgastar os dentes, compre objectos indicados para serem roídos. Para trepar, aposte em escadas e cordas.

Sociabilidade
Os machos são territoriais e não devem partilhar o mesmo espaço, a não ser que tenham partilhado o mesmo espaço desde nascença. Caso contrário podem lutar até à morte. Se pretender ter mais do que um murganho, opte por um casal, mas o resultado serão ninhadas consecutivas, por isso aconselha-se que tenha sempre uma gaiola vaga onde possa colocar a fêmea com as crias e para que esta tenha períodos de descanso.

Os Murganhos têm um corpo esguio e uma cauda longa que chega a atingir os 11 cm de comprimento. O corpo mede entre 6 a 9 cm. As orelhas deste animal são grandes e arredondadas.
A pelagem é castanha, podendo apresentar várias tonalidades, mas a zona da barriga é branca. Os olhos são escuros, exceptuando na variedade albina.

O sexo dos murganhos jovens não é fácil de identificar. Em adultos, as fêmeas têm 5 pares de glândulas mamárias, enquanto que os machos não tem mamilos. Os machos desenvolvem testículos.

Existem três subespécies de murganhos:

•Mus musculus musculus (Murganho da Europa de Leste)

•Mus m. castaneus (Murganho do Sudeste Asiático)

•Mus m. domesticus (Murganho da Europa Ocidental)


O Rato Mickey, criado por Walt Disney, foi inspirado neste animal.   

0 comentários:

LINDO

Comovente historia do cachorro que esperou 11 anos pelo seu dono no mesmo lugar